-25%

R$450.00

Oferta por tempo limitado

Até 9x de R$50.00 s/ juros

• Caso necessite desmarcar a sessão avisar com 24 h antecedência.
• Após o inicio do procedimento, não pode ser transferido as sessões a terceiros.
• As sessões é sujeita a disponibilidade de dias e horários.
• Caso não comparecer sem desmarcar no período de 24 de antecêndencia será considerado sessão realizada
• Promoção não acumulativa com outras promoções do estabelecimento, não tera direito troco e nem crédito
• É obrigação do estabelecimento, antes da realização do procedimento adquirido no site, fazer uma avaliação técnica para tirar as dúvidas e esclarecer os benefícios e riscos a saúde do procedimento.

*Tratamento só será valido, após a avaliação

Que tal fazer um tratamento de Ondas de Choque? É um tratamento que através de pulsos mecânicos, eliminação de toxinas, remodelagem do colágeno, indução de formação de colágeno; esses efeitos melhoram a aparência da celulite e remodelamento do corpo, além de auxiliarem no tratamento da flacidez cutânea.

Descrição

Ondas de Choque

O que é a Ondas de Choque?

As ondas de Choque através de pulsos mecânicos (formação de microbolhas gasosas), eliminação de toxinas, remodelagem do colágeno, indução de formação de colágeno; esses efeitos melhoram a aparência da celulite e remodelamento do corpo, além de auxiliarem no tratamento da flacidez cutânea.

Indicação

– Modelagem do contorno corporal;
– Gordura localizada;
– Celulite grau 1;
– Celulite grau 2;
– Celulite grau 3;
– Estrias e cicatrizes;
– Flacidez de pele pós-lipoaspiração;
– Flacidez de pele corporal;
– Rejuvenescimento facial.

Contraindicações

– Ondas radiais e focalizadas com baixa energia
– Tumor maligno na área de tratamento (não como doença subjacente);
– Gravidez, quando feto na área de tratamento.
– Ondas focadas em alta energia
– Tecido pulmonar na área de tratamento;
– Tumor maligno na área de tratamento (não como doença subjacente);
– Placa epifisária na área de tratamento;
– Cérebro ou medula espinhal na área de tratamento;
– Coagulopatia grave;
– Gravidez, quando feto na área de tratamento.